Leve a musculação para onde quiser

Dicas de atendimento para professores de musculação
08/09/2014
Prática mental vs. desempenho na musculação
08/09/2014

Você não gosta de academias de musculação? Descubra os métodos alternativos que possibilitam treinar a força em qualquer lugar.

O treinamento de força é, atualmente, bem recomendado pelas principais instituições de pesquisa em saúde do mundo, como prática fundamental em qualquer programa de exercício físico. Assim, seria interessante que todas as pessoas frequentassem, com regularidade, locais específicos para a prática dessa modalidade, como as academias de musculação.

Porém, seja pela falta de tempo, dificuldade financeira, problemas com transporte ou, simplesmente, por opção, muitos optam por não frequentarem academias de musculação, fato que limita as possibilidades de aplicação do treinamento de força, pois levar pesos e aparelhos ao encontro das pessoas não é uma tarefa fácil.

Entretanto, é preciso entender que os pesos e aparelhos presentes nas academias de musculação são apenas meios para se treinar a força e que existem formas alternativas que possibilitam a execução de exercícios sem a utilização de equipamentos. Para isso, peso corporal, autorresistência e resistência manual podem ser excelentes opções.

Os exercícios com o peso corporal, também conhecidos como calistênicos, exploram o próprio peso do corpo para oferecer resistência aos movimentos. Flexões de braço, flexões em barra fixa, agachamentos e avanços são ótimos exemplos. Apesar de existirem poucos estudos analisando especificamente os efeitos dos exercícios calistênicos sobre a força muscular de adultos, para crianças e adolescentes os resultados já são bem documentados. Um estudo realizado pelo nosso grupo de pesquisa confirma essa ideia.

Outra forma de exercícios que se mostra bastante eficaz é a autorresistência. A autorresistência é caracterizada pela ação contrária entre membros, por exemplo, braço direito oferecendo resistência para movimento do braço esquerdo e vice-versa. Esse método ainda é pouco explorado nas pesquisas, mas as poucas pesquisas existentes mostram resultados interessantes. No Brasil, um único livro explora esse tema.

Assista ao vídeo de apresentação sobre a autorresistência

Além dos métodos supracitados, a resistência manual (treinamento resistido manual – TRM) consiste na execução de exercícios contra a resistência oferecida por um parceiro de treino. Nesse caso, o treinamento é realizado em dupla, onde um coopera com o outro. Nesse método, é possível reproduzir qualquer exercício de musculação, como exemplificado em um dos meus livros.

Assista ao vídeo de apresentação sobre o TRM

Considerando as diferentes possibilidades apresentadas, podemos concluir que, mesmo fora de uma academia de musculação, a prática do treinamento de força é possível a qualquer hora, em qualquer lugar e sem quaisquer equipamentos, desde que se tenha o mínimo de conhecimento técnico específico. Em outras palavras, se você não vai à musculação, a musculação pode ir até você. Falta de tempo e de dinheiro não são mais desculpas!

Deve-se lembrar que a presença de um profissional de Educação Física torna o seu treino mais seguro e eficiente. Portanto, procure orientação adequada e mãos à obra.