Efeitos do treinamento concorrente sobre aspectos bioquímicos, antropométricos, funcionais e hemodinâmicos de mulheres diabéticas do tipo 2

A desculpa é a falta de tempo? Veja o que a ciência oferece
13/03/2015
The influence of subjective intensity control on perceived fatigue and capillary lactate in two types of resistance training
20/05/2015

Heverton Paulino, Renata Emília Marques Aguiar, Cauê La Scala Teixeira, Gilberto Monteiro dos Santos, Sionaldo Eduardo Ferreira, José Rodrigo Pauli, Emilson Colantonio, Alessandra Medeiros, Ricardo José Gomes. Revista Brasileira de Medicina, v. 72, n. 3, p. 65-69, 2015.

Resumo: Objetivo: O estudo teve o objetivo de investigar os efeitos do treinamento físico concorrente sobre parâmetros bioquímicos, antropométricos, funcionais e hemodinâmicos em mulheres diabéticas. Métodos: A amostra foi composta por 16 mulheres diabéticas tipo 2, com média de idade de 62,8±9,5 anos. Os exercícios físicos foram realizados três vezes por semana, com duração de 60 minutos por sessão. As sessões de treinamento foram compostas por exercícios aeróbios seguidos de exercícios resistidos. A coleta de dados foi baseada nos parâmetros funcionais (testes de aptidão funcional), bioquímicos (glicemia, colesterol e triglicérides), antropométricos (estatura, massa corporal, índice de massa corporal e circunferência abdominal) e hemodinâmicos (pressão arterial). Resultados: Os dados demonstraram que houve melhora significativa na resistência de força, coordenação, no índice de aptidão física geral, glicemia de jejum e pressão arterial sistólica e diastólica de repouso. Os demais parâmetros avaliados não apresentaram diferença estatisticamente significativa. Conclusão: O treinamento concorrente foi eficiente em promover alterações importantes em parâmetros relacionados à saúde de mulheres diabéticas tipo 2.

DOWNLOAD