10 coisas que você precisa saber sobre Treinamento Funcional
01/06/2017
Quanto ganha um Profissional de Educação Física?
16/08/2017

Você já plantou uma árvore e já teve um filho? Só falta publicar um livro!

Como eu sou autor de alguns livros sobre musculação, treinamento funcional e personal training, recebo muitas mensagens de colegas, inclusive de renome internacional, que sonham em publicar um livro técnico, mas não sabem por onde começar. A eles e a tantos outros que partilham do mesmo sonho, dedico esse texto.

 

Clique aqui para conhecer os livros do prof. Cauê

 

Aos 21 anos de idade, já graduado em Educação Física e trabalhando com musculação, tomei a decisão de escrever um livro, a princípio, para compartilhar informações relacionadas às minhas experiências profissionais. Naquele tempo, eu não tinha a mínima noção de como organizar as ideias no papel e isso fez com que meu projeto ficasse adormecido por dois anos. Aos 23, já pós-graduado e com uma noção um pouco melhor sobre escrita acadêmica, resolvi retomar o projeto. Para sair do zero e embalar na escrita, resolvi conversar com uma série de autores de diferentes áreas para pegar dicas e conhecer macetes. Essa experiência deu muito certo e serviu de base para que eu desenvolvesse a minha técnica de preparação de um manuscrito, aqui compartilhada em tópicos:

  1. A escolha do título é crucial. Para isso, você deve considerar dois aspectos importantes:
    • Relevância: Parta da pergunta “quão relevante será o meu livro para a área na qual pretendo lançá-lo?”. Para ser relevante, o primeiro passo é escolher um tema inédito. Caso não seja possível, o tema deve ser inovador, ou seja, deve apresentar algum diferencial sobre os demais livros já publicados sobre o assunto.
    • Comercial: Pergunte-se “eu teria interesse em comprar o meu próprio livro?”. Além da relevância do tema para a área, o livro deve atrair leitores. Para isso, inteire-se sobre os interesses dos leitores de sua área.
  2. Estude bastante o assunto que vai abordar. Nessa fase, toda fonte de informação é válida. Leia livros, artigos científicos e textos na internet. Participe também de cursos e grupos de estudos. O tempo dedicado ao estudo possibilitará:
    • Melhorar a qualidade do português escrito, pois quem estuda muito tende a escrever melhor;
    • Desenvolver senso crítico quanto à seleção de referências para elaboração de seu livro;
    • Aprimorar a qualidade do conteúdo técnico, pois as fontes virão de um acervo melhor selecionado;
    • Conhecer os pontos positivos e negativos da literatura já publicada;
  3. Após definir o título, escreva o sumário. O sumário é a coluna vertebral do livro e, sem coluna, o livro não terá braços e pernas. Um bom sumário deve conter todos os tópicos (capítulos, itens, etc.) que serão abordados na escrita, sendo flexível para inserção de novas ideias que surgem no decorrer da escrita. Escrever primeiro o sumário permitirá que a ordem da escrita não siga (necessariamente) a ordem do sumário, possibilitando ao autor escrever primeiro os tópicos que tem mais facilidade, deixando para depois os que apresenta mais dificuldade. Um exemplo simples de sumário segue abaixo:
    • Prefácio
    • Apresentação
    • Introdução
    • Capítulo 1
    • Capítulo 2
    • Capítulo N
    • Considerações finais
    • Referências
  4. Inicie a escrita pelos capítulos, por quais se sentir mais à vontade para escrever. Deixe “apresentação”, “introdução” e “considerações finais” para o final. Esses três tópicos têm relação direta com o conteúdo dos capítulos, por isso, deixá-los para o final proporcionará a escrita de textos mais assertivos e convincentes.
  5. Nos capítulos, evite textos demasiadamente longos. Para isso, divida o capítulo em sub-tópicos. Esse procedimento facilita a elaboração de textos com começo, meio e fim, o que torna a leitura mais atrativa e prazerosa.
  6. Durante o período de escrita, peça para colegas próximos lerem e criticarem. Selecione pessoas críticas e que possuem o hábito frequente da leitura, pois elas serão mais úteis e construtivas em suas análises.
    • Colegas da mesma área profissional: serão úteis para analisar o conteúdo técnico, bem como para sugerir novas inserções de conteúdos;
    • Colegas de diferentes áreas profissionais: serão úteis na análise da gramática e da estrutura textual.
  7. Após finalizar a escrita, convide um ou dois colegas de renome na área para escreverem o “Prefácio” e o “Texto de Apresentação” do livro. Esse endossamento fará com que o livro ganhe robustez em seu conteúdo, facilitará o contato em editoras de prestígio e aumentará as vendas.
  8. Por fim, submeta seu livro a uma editora de prestígio na área, de preferência, que conte com uma comissão editorial. Esse procedimento garantirá uma análise mais criteriosa do conteúdo e, caso o livro seja aprovado, isso significará que a obra, de fato, tem bom potencial de mercado. Na maioria das vezes, em caso de aprovação, o livro é publicado sem custo para o autor.

Mãos à obra!


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/caueteixeira/public_html/wp-includes/functions.php on line 3743

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/caueteixeira/public_html/wp-includes/functions.php on line 3743