5 motivos para as mulheres treinarem “braço”

The effects of adding single-joint exercises to a multi-joint exercise resistance training program on upper body muscle strength and size in trained men
01/12/2015
Multiarticulares vs. uniarticulares: uma visão imparcial sobre os exercícios de musculação
23/03/2016

O treinamento feminino ainda é cercado de mitos e crenças culturais, principalmente, quando envolve membros superiores. Mas será que treinar braços pode ser prejudicial para as mulheres?

Treinar membros superiores é uma tortura para grande parte das mulheres que praticam musculação. Pensando nisso, reunimos abaixo 5 motivos que lhe farão enxergar o treino de braços com bons olhos:

  • Mulheres possuem, em média, 10 vezes menos testosterona circulante que os homens, portanto o treinamento de braços não deixará as meninas com aparência de meninos.
  • A musculação resulta em grande aumento de força e ligeiro aumento do perímetro dos membros superiores. Ou seja, a melhora funcional é muito maior que os aumentos estruturais.
  • Baixos níveis de força estão associados ao desenvolvimento de doenças/lesões nos membros superiores.
  • Exercícios que envolvem membros superiores são eficientes para melhorar a estabilização das regiões escápulo-torácica e lombar, diminuindo a incidência de dores nas costas.
  • Braços mais fortes possibilitam a utilizam de cargas mais elevadas nos treinos de membros inferiores, principalmente, em exercícios como stiff, levantamento terra, afundos com halteres, entre outros.

Pronto! Agora não tem mais desculpas, afinal, os benefícios compensam.

Os leitores que se interessarem pelo assunto poderão obter mais informações no livro Musculação perguntas e respostas: as 50 dúvidas mais frequentes nas academias.